Cabelos fortes e saúdaveis

Tenha cabelos saudáveis e fortes com essas 10 dicas

Todo mundo quer cabelos fortes, brilhantes e fáceis de cuidar. Mas pode ser um desafio chegar a esse lugar. A maioria de nós tem que lidar com algum tipo de problema de cabelo que está no caminho de um cabelo saudável.

Os genes desempenham um papel quando se trata de seu tipo de cabelo, força e volume. Mas isso não significa que você não tem controle sobre seu cabelo.

Neste artigo, veremos 10 etapas que você pode seguir para ajudar a fortalecer seus fios, aumentar o crescimento do cabelo e melhorar a aparência, a sensação e a saúde do seu cabelo.

1 Diminua o Calor

Secadores de cabelo, ferros de alisamento, rolos quentes e outras ferramentas de modelagem aquecidas podem prejudicar seu cabelo, especialmente se ele for fino, seco ou propenso a quebra . Muito calor pode enfraquecer o cabelo, resultando em fios danificados ou crespos.

Sendo assim, para limitar os danos causados ​​pelo ressecamento do cabelo, pesquisadores que conduziram uma estudo de 2011. recomenda segurar o secador a cerca de 15 cm de distância da superfície do cabelo e manter o secador em movimento e não concentrado em um ponto.

Limite sua secagem com secador e outras sessões de modelagem aquecidas a duas ou três vezes por semana para dar tempo ao seu cabelo para se recuperar entre cada sessão.

Sendo assim, defina o secador e outras ferramentas de modelagem aquecidas para uma configuração de calor mais baixa para reduzir a chance de danos ao cabelo. Você também pode considerar o uso de um produto protetor de calor em seu cabelo para minimizar os danos.

2 Aumente sua ingestão de vitaminas

Como o resto do seu corpo, seu cabelo precisa de vitaminas e minerais específicos para ser saudável e forte. Pesquisa mostrou que as deficiências nutricionais podem estar ligadas à perda de cabelo.

As vitaminas e minerais que podem ser mais importantes para o crescimento do cabelo são:

  • Vitamina A: encontrada em batata-doce, cenoura, abóbora, espinafre, leite, ovos e iogurte
  • Vitaminas B , especialmente biotina: encontradas na gema de ovo, fígado, salmão, abacate, nozes e sementes e produtos lácteos
  • Vitamina C: boas fontes incluem frutas cítricas, morangos e pimentão
  • Vitamina D: encontrada em peixes gordurosos, gema de ovo e alimentos fortificados como leite e suco de laranja
  • Vitamina E: boas fontes incluem sementes de girassol, amêndoas, espinafre e abacate
  • Ferro: encontrado em ostras, mariscos, ovos, carne vermelha, lentilhas e espinafre
  • Zinco: boas fontes incluem ostras, carne bovina, sementes de abóbora e lentilhas

Se for difícil obter os nutrientes necessários dos alimentos que você come, considere tomar um multivitamínico que inclua essas vitaminas e minerais.

No entanto, é importante verificar com seu médico antes de tomar qualquer suplemento, especialmente biotina, a mesma pesqisa mostra que a ingestão excessiva de biotina pode afetar os resultados dos testes laboratoriais, como testes projetados para detectar ataques cardíacos.

3. Vá com calma no xampu

Manter o cabelo limpo é importante. Mas a maioria dos shampoos usa ingredientes que removem os óleos naturais do seu cabelo em um esforço para reduzir a oleosidade e remover a sujeira.

A menos que seu cabelo seja extremamente oleoso, você provavelmente pode cortar a lavagem com xampu duas a três vezes por semana em vez de todos os dias. Lavar o cabelo com muita frequência pode ressecá-lo e possivelmente enfraquecer a haste do cabelo.

Além disso, não use muito shampoo. De acordo com a Academia Americana de Dermatologia , você só precisa de uma quantidade de xampu do tamanho de um quarto, aplicada principalmente no couro cabeludo, para limpar o cabelo.

4. Massageie o couro cabeludo

Acelerar a circulação sanguínea no couro cabeludo pode ajudar a melhorar a saúde e a condição do couro cabeludo e também aumentar o fluxo sanguíneo para os folículos capilares.

De acordo com um pequeno estudo de 2016, uma massagem diária de 4 minutos no couro cabeludo pode ter a capacidade de aumentar a espessura e a força do cabelo ao longo do tempo.

Você pode massagear seu próprio couro cabeludo aplicando pressão em movimentos circulares com as pontas dos dedos por vários minutos,  pode fazer isso no cabelo seco ou quando o cabelo estiver molhado, pouco antes de aplicar o shampoo.

Se preferir também pode comprar um massageador de couro cabeludo. Esses dispositivos portáteis semelhantes a escovas funcionam para estimular o couro cabeludo.

5. Aumente a proteína em sua dieta

Obter proteína suficiente em sua dieta é importante para o crescimento do cabelo, pois os folículos capilares consistem principalmente em proteínas e mostra que a falta de proteína na dieta pode resultar em queda de cabelo e queda de cabelo.

Alimentos ricos em proteínas que podem ajudar a melhorar a saúde do cabelo incluem:

  • ovos
  • peixes, como cavala e salmão
  • nozes e sementes
  • carnes magras
  • espinafre e couve
  • feijão e leguminosas

6. Experimente uma máscara de gema de ovo

A gema de ovo contém as mesmas proteínas que compõem um folículo piloso forte, e os peptídeos na gema de ovo podem ajudar a estimular o crescimento do cabelo.

A gema de ovo também contém vários nutrientes essenciais que foram vinculados ao crescimento do cabelo e cabelos saudáveis, incluindo vitaminas A e D, biotina e folato.

Você pode fazer sua própria máscara de gema de ovo seguindo estes passos:

  1. Use 3 gemas e 3-4 colheres de sopa. de óleo de coco levemente morno.
  2. Misture bem os dois ingredientes.
  3. Quando a mistura estiver bem misturada, aplique no couro cabeludo e nas raízes.
  4. Coloque uma touca de banho sobre a cabeça assim que a mistura for aplicada.
  5. Deixe-o descansar em sua cabeça por 10 a 15 minutos.
  6. Enxágüe-o com água fria.

7. Use um enxágue frio

Para ter cabelos saudáveis e fortes é recomendavel não tomar banho com água muito quente pois pode causar danos ao cabelo, tanto na raiz quanto na cutícula. O vapor do chuveiro pode abrir as cutículas do cabelo, o que pode resultar em cabelos secos, crespos e propensos à quebra.

Sendo assim, para proteger o cabelo, ensaboe com água morna. Em seguida, termine o banho com um spray de água fria no cabelo e no couro cabeludo. Isso pode ajudar a selar a cutícula do cabelo, tornando mais fácil para o cabelo reter a umidade.

8. Use aloe vera em seu cabelo e couro cabeludo

Aloe vera é rico em vitaminas A, C e E. Essas vitaminas podem ajudar a promover o crescimento celular saudável, incluindo as células do cabelo. Além disso, o aloe vera também contém vitamina B-12 e ácido fólico, que podem ser úteis na promoção de cabelos saudáveis.

No entanto, não está claro se essas vitaminas benéficas realmente penetram no couro cabeludo após a aplicação tópica de aloe vera.

Você pode aplicar o gel puro da planta de aloe no cabelo e no couro cabeludo ou procurar produtos capilares que contenham ingredientes de aloe vera. Você também pode fazer sua própria máscara capilar de aloe vera para condicionamento extra.

9. Troque sua toalha por uma camiseta

De acordo com especialistas em cuidados com os cabelos, esfregar o cabelo molhado com uma toalha felpuda após a lavagem pode causar danos e quebra ao cabelo devido ao atrito criado entre a toalha e o cabelo.

Você pode optar por uma toalha de microfibra, ou uma solução mais fácil e barata é usar uma simples camiseta de algodão.

O tecido liso da camiseta criará menos atrito ao secar e, portanto, menos danos e frizz. Para usar uma camiseta no cabelo, siga estes passos:

  1. Depois de lavar e enxaguar, aperte suavemente as mechas do cabelo para remover o máximo de água possível.
  2. Incline a cabeça para a frente e enrole a camiseta em volta da cabeça em estilo turbante.
  3. Deixe o cabelo úmido enrolado na camisa por 5 a 10 minutos e depois desembrulhe.
  4. Aperte suavemente a camiseta em torno de qualquer seção de cabelo que tenha excesso de umidade, depois seque e modele como de costume.

10. Experimente um tratamento com óleo quente

Os tratamentos com óleo quente são uma escolha popular para ajudar a restaurar a umidade dos cabelos secos, crespos ou danificados.

Um tratamento com óleo de coco e abacate pode ser especialmente benéfico. De acordo com um estudo de 2003, o óleo de coco tem a capacidade de reduzir a perda de proteína em cabelos danificados e não danificados.

Como o óleo de coco, o óleo de abacate também contém ácidos graxos essenciais, bem como vitaminas A, B-5 ​​e E.

Para fazer seu próprio tratamento ter cabelos saudáveis e fortes com óleo quente, siga estas etapas:

  1. Misture 1-2 colheres de sopa. óleo de coco virgem (temperatura ambiente) e 1-2 colheres de sopa. óleo de abacate. Você pode usar mais ou menos, dependendo do comprimento do seu cabelo, mas mantenha a proporção dos dois óleos mais ou menos iguais.
  2. Coloque a mistura de óleo em uma jarra de vidro e abaixe-a suavemente em uma panela de água quente.
  3. Deixe o óleo derreter e aqueça dentro do frasco por cerca de 2 minutos. Você não quer que o óleo fique muito quente, apenas levemente morno e bem misturado.
  4. Teste a temperatura na parte de trás do seu pulso. Deve ser morno, não quente. Se o óleo parecer quente, não arrisque tocá-lo. Espere até que esfrie.
  5. Quando a mistura de óleo estiver em uma temperatura segura, aplique no couro cabeludo, nas raízes do cabelo e nas pontas. Trabalhe o óleo no resto do cabelo.
  6. Aplique uma touca de banho e deixe o óleo penetrar no cabelo por 20 minutos.
  7. Enxágüe bem com água morna.

É preciso ter paciência..

Alcançar um cabelo forte e saudável requer trabalho em todas as frentes.

Entretanto, embora seja importante minimizar os danos causados ​​pelo calor e a lavagem excessiva, o que você coloca em seu corpo também conta. Comer uma dieta equilibrada que inclua uma grande variedade de vitaminas, minerais e fontes de proteína pode ajudar a melhorar a saúde do seu cabelo e couro cabeludo.

Se você perceber que seu cabelo ficou propenso a quebrar ou que você está perdendo mais cabelo do que o normal, vale a pena mencionar isso ao seu médico. A perda de cabelo é normal para muitos homens e mulheres, mas às vezes pode indicar uma condição de saúde subjacente.

Veja também, como ter cabelos cheios e volumosos.